Estamos sendo ferrados? Eis o que Scott Jensen tem a dizer sobre isso


O médico americano e senador estadual Scott Jensen fez uma admissão chocante no início do ano passado. Ele recebeu uma carta do Departamento de Saúde explicando como ele deveria preencher as certidões de óbito durante a crise da Covid 19. A carta dizia que ele não tinha que testar pacientes falecidos, a fim de denunciar a Covid como a causa da morte.

Scott Jensen

"Se eu tenho um paciente de 86 anos com pneumonia que nunca foi testado para o Covid 19, ainda tenho que listar o Covid como a causa de morte. Não costumamos fazer isso".

O médico disse que as autoridades manipulam os números desta forma e que o Covid 19 é uma doença leve em mais de 90 por cento dos casos.

Jensen enfrentou um processo disciplinar médico por alegadamente espalhar "desinformação" sobre o preenchimento de atestados de óbito e dar "conselhos incorretos". As alegações acabaram sendo descartadas.

O médico continuou a lutar, continuou a espalhar a verdade e fez sua voz ser ouvida em todos os lugares até ser novamente confrontado com a censura no final do mês passado. Ele postou um vídeo no Facebook dizendo que estávamos sendo enganados. O vídeo foi visto mais de quatro milhões de vezes em um curto espaço de tempo, o que levou o Facebook a rotulá-lo de "enganador".

Verificação dos fatos

Ele recebeu uma chamada da "AP Fact Check", a agência de imprensa que trabalhou de perto com os nazistas durante a Segunda Guerra Mundial. Ele conversou com um funcionário durante 45 minutos, mas em vão. De acordo com a AP, Jensen faz "alegações enganosas" no vídeo sobre o número de 19 casos da Covid.

Mais um motivo para assistir ao vídeo. "Você está sendo seriamente enganado", diz Jensen. Ele explica que, no dia da inauguração de Joe Biden, a OMS emitiu novas diretrizes para reduzir o número de resultados de testes falsos positivos. Em 2020, médicos e profissionais ainda foram encorajados - às vezes até pressionados - a diagnosticar o Covid 19. Uma suspeita era suficiente.

"É por isso que o número de casos de gripe caiu subitamente após março de 2020".

De acordo com as novas diretrizes, os pacientes com sintomas do Covid 19 também devem ter testado positivo antes de serem diagnosticados com o Covid 19. A OMS também recomendou a redução do número de ciclos no teste PCR. É óbvio que estas novas diretrizes reduzirão muito o número de casos.

"No dia da Inauguração, duas coisas aconteceram para diminuir o número de 19 casos Covid. Foi por motivos políticos? Podemos confiar nos políticos e burocratas?"

O médico pensa que é "nojento" como as pessoas estão sendo tratadas. "Estamos sendo feitos de tolos".

No Twitter, o vídeo ainda não foi censurado:

Leia mais