Reiner Fuellmich: "Isto não é um acidente: Ainda não há nada de sanitário nesta crise".


O advogado Reiner Fuellmich retorna para relatar o progresso do Comitê Corona, com o qual ele vem trabalhando há meses para tentar desvendar os meandros da crise do covid-19.

Ele explica desde o início que está em um momento crucial no progresso da pesquisa: "Passamos de "O que é esta pandemia?"; "Quão perigoso é o vírus?"; "Quão confiáveis são os testes PCR?"; "Quais serão as consequências das medidas sanitárias anti-covid?"; para "Quem está por trás disso?".

Para responder a estas perguntas, ele conduziu mais de 150 entrevistas com especialistas de todo o mundo, como o Prof. Luc Montagnier e Mike Yeadon, ex-vice-presidente da Pfizer, para chegar à conclusão de que "não há nada de higiênico nisto, e nunca houve". Ele volta ao aspecto econômico da pandemia, mostrando que "aqueles que estão atualmente recuperando partes de mercado no mundo, são também aqueles, se acompanhamos o dinheiro, que estão por trás do que está acontecendo". Segundo ele, as PMEs, especialmente no Ocidente, estão sendo fagocitadas por gigantes econômicos como a Amazônia ou compradas pelos chineses.

Em matéria de saúde, ele enfatiza o fato de que a tão esperada vacinação não resolve o problema e não detém o vírus como se esperava, enquanto as medidas sanitárias provocam numerosos suicídios entre a população.

Segundo ele, as pessoas em todo o mundo estão lentamente percebendo que os governos continuam a colocar seus peões para controlar sua "vida diária".

Reunindo todos os elementos que ele lista, ele chega à conclusão de que, "Tudo isso não é um acidente. É intencional".

Um debriefing proposto em parceria com BonSens.org :

Versão original em inglês :