Como Peter Daszak financiou os cientistas chineses para inserir proteínas Spike no vírus SARS para criar o "Killer Coronavirus".


EcoHealth Alliance President Peter Daszak – who collaborated with the Wuhan Institute of Virology on research funded by Dr. Anthony Fauci’s National Institute of Allergy and Infectious Disease in a startling video admitted in 2016 how his Chinese colleagues inserted Spike Proteins into the SARS virus to create “Killer Coronavirus” that could infect humans.

Daszak fez a admissão (veja abaixo) em um fórum em 2016 discutindo "doenças infecciosas emergentes e a próxima pandemia", explicando como seu financiamento de pesquisa de ganho de função no Instituto Wuhan de Virologia criou um "Killer Coronavirus".

Enquanto descreve como sua organização seqüencia vírus mortais, Daszak descreve o processo de "inserir proteínas de picos" em vírus para ver se eles podem "se ligar a células humanas" como sendo realizados por seus "colegas na China":

"Então, quando você recebe uma seqüência de um vírus, e ele se parece com um parente de um patógeno conhecido, assim como fizemos com a SARS. Encontramos outros coronavírus em morcegos, uma série deles, alguns deles pareciam muito parecidos com a SRA.

Assim, sequenciamos a proteína do espigão: a proteína que se liga às células. Então nós... Bem, eu não fiz este trabalho, mas meus colegas na China fizeram o trabalho.

Você cria pseudopartículas, você insere as proteínas dos espigões desses vírus, vê se eles se ligam às células humanas. A cada passo disso, você se aproxima cada vez mais deste vírus e pode realmente se tornar patogênico nas pessoas.

"Você acaba com um pequeno número de vírus que realmente se parecem com assassinos".


Qual é a sua reação?

confused confused
0
confused
fail fail
2
fail
love love
1
love
lol lol
1
lol
omg omg
1
omg
win win
2
win