Os cientistas admitem que o uso do medo para controlar o comportamento na crise da covidez foi 'totalitário'?


In the UK, members of Scientific Pandemic Influenza Group on Behaviour express regret about ‘unethical’ methods. This is equally applicable to many Western former liberal democracies. Shame on them all.

Scientific Pandemic Influenza Group On Behaviour (SPI-B)

Scientists on a committee that encouraged the use of fear to control people’s behaviour during the Covid pandemic have admitted its work was “unethical” and “totalitarian”. Members of the Scientific Pandemic Influenza Group on Behaviour (SPI-B) expressed regret about the tactics in a new book about the role of psychology in the Government’s Covid-19 response.

A SPI-B advertiu em março do ano passado que os ministros precisavam aumentar "o nível percebido de ameaça pessoal" de Covid-19 porque "um número substancial de pessoas ainda não se sente suficientemente ameaçado pessoalmente".

Gavin Morgan, um psicólogo da equipe, disse: "Claramente, usar o medo como um meio de controle não é ético. Usar o medo como um meio de controle não é ético". Não é uma postura ética para qualquer governo moderno".

As táticas do governo

Mr Morgan spoke to author Laura Dodsworth, who has spent a year investigating the Government’s tactics for her book A State of Fear, published on Monday.

O SPI-B é um dos subcomitês que assessora o Grupo Consultivo Científico para Emergências (Sage), liderado por Sir Patrick Vallance, o principal conselheiro científico.

Um cientista da SPI-B disse à Sra. Dodsworth: "Em março [de 2020] o governo estava muito preocupado com o cumprimento e eles achavam que as pessoas não iriam querer ser trancadas. Houve discussões sobre o medo ser necessário para incentivar o cumprimento, e foram tomadas decisões sobre como aumentar o medo. A maneira como temos usado o medo é distópica. O uso do medo tem sido definitivamente questionável do ponto de vista ético. Tem sido como uma experiência estranha. No final das contas, ele saiu pela culatra porque as pessoas ficaram muito assustadas".

Outro membro da SPI-B disse: "Você poderia chamar a psicologia de 'controle da mente'. É isso que fazemos... claramente tentamos fazer de forma positiva, mas tem sido usado de forma nefasta no passado".

Alertou-se que "as pessoas usam a pandemia para agarrar o poder e conduzir através de coisas que de outra forma não aconteceriam... Temos que ter muito cuidado com o autoritarismo que está se infiltrando".

Outro disse: "Sem uma vacina, a psicologia é sua principal arma... A psicologia teve uma epidemia muito boa, na verdade".

Another member of SPI-B said they were “stunned by the weaponisation of behavioural psychology” during the pandemic, and that “psychologists didn’t seem to notice when it stopped being altruistic and became manipulative. They have too much power and it intoxicates them”.